domingo, 24 de maio de 2009

CARRANCAS DO RIO SÃO FRANCISCO

Pintura: Márcia Berenguer Cabral



As famosas carrancas do rio São Francisco constituem um enigma de nossa arte popular, na qual ocupam um lugar de especial destaque, tanto pela notável expressão artística como, principalmente, por sua dupla originalidade. As barcas do São Francisco são as únicas embarcações populares de povos ocidentais que apresentaram, de modo generalizado, figuras de proa, pelo menos nos últimos séculos. E estas constituem exemplo único no mundo de esculturas de proas zooantropomorfas. A originalidade é o mais importante atributo de uma obra de arte. Segundo Arnold Hausen, “para tener em absoluto calidad artística, uma obra de arte tiene que abrir lãs puertas a uma visión el mundo nueva e peculiar”.








A origem das carrancas do São Francisco deve ter sido a imitação da decoração de navios de alto-mar, vistos nas capitais das Províncias da Bahia e do país pelos pequenos nobres e fazendeiros do São Francisco em suas viagens à civilização. Devemos agradecer ao isolamento em que viviam os habitantes do médio São Francisco o fato de terem criado um tipo de figura de proa inédito em todo mundo: peças de olhos esbugalhados, misto de homem, com suas sobrancelhas arqueadas, e de animal, com sua expressão feroz e sua cabeleira leonina.





Fecha-se assim o ciclo: a evolução das embarcações primitivas levou as figuras de proa, surgidas basicamente com conotações místicas, aos grandes navios, onde sua função era decorativa. E a influência dos grandes navios levou à imitação das suas figuras de proa, com intuito inicialmente decorativo, em pequenas embarcações de uma pequena sociedade rural primitiva. Seus membros, entretanto, deram frequentemente a essas figuras uma conotação mística. Em linhas gerais, a evolução esboçada para as figuras de proa é a própria evolução da arte.




Carrancas do famoso escultor Francisco Guarany



É Wilson Lins quem nos diz que nas noites de conversa, após o jantar, isolados em um barranco, contavam histórias de assombração e encantamento. “Religiosos e cheios de temores pelo desconhecido: se é remeiro, o seu remo quase sempre tem uma cruz ou símbolo de Salomão desenhados na pá.” E acrescenta que a crendice é muito forte, mas as assombrações locais não têm os requintes de perversidades das de outras regiões do país. “ Dos mitos aquáticos do vale, o Caboclo-d’Água e a Mãe-d’Água são os mais conhecidos”. Mas ainda há o Minhocão (ou Surubim-Rei). Estes três “enchem de leves pavores noturnos a gente da beira do rio...”.


Pintura: Jurandir Assis



Esta forte crendice permite melhor compreender por que o povo ribeirinho, inclusive alguns escultores de carrancas, atribuiu às figuras de proa a missão de espantar os duendes do rio. Daí o freqüente aspecto assustado e assustador das carrancas; de quem se apavorou com o duende que viu e, ao mesmo tempo, quer aterrorizá-lo com sua fisionomia retesa, de olhos esbugalhados.








Pode-se afirmar que as primeiras carrancas datam de 1875-1880, embora seu uso no médio São Francisco só tenha se generalizado neste século. É interessante notar que a Academia de Belas Artes da Bahia foi fundada em 1876, sendo possível que a repercussão deste fato, no São Francisco, tenha influído na decoração das barcas.








Francisco Guarany foi o escultor de carrancas que mais produziu. O vigor da escultura primitiva de Guarany, marcado pelo fantástico, resulta de sua autenticidade. Capingão, o cavalo encantado, Curupema, a índia que vira onça, Megatério, o animal pré-histórico e todas as demais carrancas estão em seu mundo interior. Outros grandes escultores foram Sebastião Branco, de Juazeiro, Moreira do Prado, de Januária e Afrânio, de Barreira.



Foto: Rafael Medeiros


As carrancas do São Francisco são uma manifestação artística coletiva, com caracteres comuns, respeitadas as individualidades de cada artista, como não se encontra em nenhum outro local ou época. Fruto da criação de uma cultura e de uma região isoladas do resto do país e do mundo, cujos artistas populares, a partir da idéia de esculpir uma figura de proa, criaram soluções plásticas próprias, de elevado conteúdo artístico e emocional, que provocam um verdadeiro impacto. Possivelmente até negativo, em alguns, mas esta é uma das características de uma verdadeira obra de arte: criar o impacto. Pode haver quem não aprecie as carrancas, mas jamais quem a elas fique indiferente.


Bibliografia: PARDAL, Paulo. Carrancas do São Francisco. Rio de Janeiro: Funarte, 1979.

39 comentários:

  1. Interessante, de certa forma as carrancas me lembram também os moais da Ilha de Páscoa. Onde, quem e quando será que começou isso tudo?????????????

    ResponderExcluir
  2. Estou fazendo um trabalho sobre o São Francisco e gostei das fotos das carrancas, como posso conseguir autorização para usa-las no meu trabalho? meu e-mail é: limamachado1@hotmail.com.
    Obrigada.

    ResponderExcluir
  3. eu gostei das carrancas do velho chico se quiser ver as carrancas entre no saite yotube
    colocou basta pesquisar.

    agenor

    ResponderExcluir
  4. Tissianny Scarlathelly31 de maio de 2010 16:46

    MUITO INTERESSANTE, ME AJUDOU BASTANTE, AGORA TENHO MAIS CULTURA E ARGUMENTOS PARA FALAR MAIS DO RIO SÃO FRANCISCO.

    ResponderExcluir
  5. estou fazendo uma maquete do rio são francisco e adorei essas imagens obrigada

    ResponderExcluir
  6. Boa noite!! Onde encontrar e poder comprar carrancas. hiquegarcia@hotmail.com

    ResponderExcluir
  7. Glauberson Vilas boas

    Que legal poder ver essas imagens.

    O escultor Francisco guarany é natural de Santa Maria da vitória-BA,
    em Santa Maria ainda tem alguns carraqueiros em atividade, João,Junio Guarany, mesrte jairo e outros... Jairo, tem um dos mairoes acervos de Guarany, Já o neto de Guarany tem uma oficina onde ensina crianças a escultura de carrancas, mantendo viva a cultura em nossa terra.. abraços

    ResponderExcluir
  8. Outra curiosidade
    o pintor jurandir assis que foi postada uma tela do artista nesta pagina, nasceu em Santa Maria da Vitória..

    ResponderExcluir
  9. por que eles se chama carrancas?e uma imagen popular?

    ResponderExcluir
  10. carrancas sao os mais popular de sao francisco????????????????

    ResponderExcluir
  11. oi min chamo aryane eu quero saber se carrancas e uma image popular do rio sao francisco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sim a origem delas são de alguns barcos com caricaturas

      Excluir
  12. Pois na escola to estudando isso!!
    as populaçoes ribeirinhas sabe que o cabloco d'agua existe!! isso serve para assustar e proteger as pessoas que estao dentro!!

    Mais eu tenho uma pergunta

    isso era so usado para afastar o cabloco d' agua???

    ResponderExcluir
  13. Eu tenho muitas informaçoes no meu livro da escola!! pois eu sei varias historias muito intereçantes!!

    ResponderExcluir
  14. Gostei muito das fotos. Estou fazendo uma pesquisa destacando o lado místico das carrancas.Preciso saber onde encontrar livros que fale sobre.

    ResponderExcluir
  15. eu achei muito interesante as carrancas de Sao Francisco

    ResponderExcluir
  16. LEIDIJANE ALENCAR1 de junho de 2011 16:41

    EU GOSTO MUITO POIS E TRADICAO DA MINHA CIDADE ;MARAVINHOSA

    ResponderExcluir
  17. que legal isso me ajudou muito no meu trabalho escolar .beijos Diuliana

    ResponderExcluir
  18. Muito legais as fotos das carrancas!É isso aí!Cultura brasileira sempre!

    ResponderExcluir
  19. me chamo beth usei o endereço do meu filho para saber um pouco mais sobre o assunto. vivo sonhando com carrancas e no meu sonho ela esta sempre me benzendo quem souber o que isso significa entre em contato neste endereço:linkonguilherme@hotmail.com

    ResponderExcluir
  20. as carrancas sao horriveis e poderosas demais

    ResponderExcluir
  21. qual o preço do quadro de jurandir? vanderturismo2014@hotmail.com

    ResponderExcluir
  22. eu amei me ajudou muito no meu trabalho de filosofia do castelão de pojuca

    ResponderExcluir
  23. Até a cultura dessa região foi influenciada pelo (mau) exemplo da família Sarney?(Algumas das carrancas acima mostradas são acara do "Sir"!!!).

    ResponderExcluir
  24. Muito Legal me ajudou bastante!!!

    ResponderExcluir
  25. to com muito medoooooooooooo *--*

    ResponderExcluir
  26. adorei muito interessante

    ResponderExcluir
  27. estou fazendo um trabalho sobre as carrancas adorei muito

    ResponderExcluir
  28. Jaqueline Bonetti4 de julho de 2012 07:12

    Carrancas!
    Achei isso muito legal, estou fazendo um ,trabalho sobre isso!

    ResponderExcluir
  29. Jaqueline Bonetti4 de julho de 2012 07:13

    gostei disso me ajudou bastante também!

    ResponderExcluir
  30. muito legal! 10 de Julho 2012 caxias do sul brasil

    ResponderExcluir
  31. eu estudo isso e muito legal essa historia

    ResponderExcluir
  32. eu gostei.muito interresante.quem quer namora digita 123

    ResponderExcluir
  33. A BIBLIA SAGRADA AFIRMA QUE É MALDITO O HOMEM QUE FAZ IMAGENS DE ESCULTURA E PRATICA A IDOLATRIA. VOC~ES ACHAM MESMO QUE UMA CIOSA RIDICULA COMO ESTA QUE TEM OUVIDOS MAS NAO OUVE OLHOS MAS NAO ENXERGUAM PODE PROTEGER ALGUEM? A NOSSA SEGURANÇA ESTÁ EM UM UNICO DEUS TODO PODEROSO CRIADOR DOS CEUS E DA TERRA. A NOSSA CONFIANÇA E NOSSA DEFERSA É NO ALTISSIMO. SALMO 91

    ResponderExcluir
  34. a pratica de culto a imagens de escultura é condenada a palavra de DEUS diz que nossa segurança e nossa defesa está no DEUS VIVO;você crê mesmo que essa coisa ridicula irá afastar o mal. leia o salmos 91.

    ResponderExcluir
  35. Muito interessante!
    Eu tenho uma dessas carrancas e quero vender. Meu email é garota_do_panema@yahoo.com.br .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mi interessa meu imail julianoantiquario1@gmail.com manda foto

      Excluir
  36. Eu coleciono carrancas meu tel 1145847951 975504618

    ResponderExcluir